terça-feira, 15 de novembro de 2011

Projeto Político Pedagógico 2011 - reflexão


Se observarmos a arquitetura do nosso Projeto Político Pedagógico podemos fazer reflexões sobre os nossos projetos coletivos, nossa prática e contribuição didática, não é mesmo? Esse PPP está em todos nós, nos diferentes turnos e returnos [porque nossos alunos migram entre os turnos], em nossas diferentes equipes que formam esse coletivo maior chamado CREJA.
Nosso saber de professor nos fez pensá-lo coletiva e colaborativamente. Até por isso, colecionamos acertos e projetos consolidados. Nada foi fácil, naturalmente. Nosso empenho e compromisso com a construção de educação de qualidade fez e sempre fará a diferença.
Nossos alunos vivenciam esse empenho e "respondem" com atitudes proativas, participativas e engajadas que resultam em consolidação da aprendizagem expressa nos seus discursos e textos.
Quantos eventos...quanta prática em espaços não-formais de educação estivemos envolvidos...ainda vamos fazer novos "trabalhos de campo"...Nossa caderneta de atividades vai estar "bombando".
Deixe o seu comentário, faça o seu registro, relate a sua prática e os seus projetos. Vamos registrar todos os nossos projetos nesse ano de 2011? Quer publicar fotos aqui no blog? É muito fácil. Quer escrever aqui no blog? É muito fácil. "Eu sei que nada sei...mas eu seu procurar!"
Publicado por 9bassoli@gmail.com - Prof. Marcos Bassolli
Posted by Picasa

sábado, 12 de novembro de 2011

THÉÂTRE DU SOLEIL - Os náufragos da louca esperança (auroras)

P1080723
P1080729
P1080730
P1080739
P1080740
P1080743
Professores e Alunos do CREJA puderam assistir a um espetáculo belíssimo no HSBC Arena.
Inspirada num misterioso romance póstumo de Júlio Verne a história conta as dificuldades e a determinação ideológica de um diretor de cinema para produzir um filme, no início da indústria cinematográfica, utilizando como cenário básico o sótão da "guinguette" "Le foi Espoir". (A Louca Esperança).
Guinguettes eram "restaurantes populares" localizados nos subúrbios de Paris.Seus frequentadores eram oriundos da classe trabalhadora.
A peça começa com o assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, estopim da primeira Grande Guerra Mundial, abordando, com muito humor e técnicas teatrais, as questões políticas, ideológicas, históricas e geográficas que marcaram o século XX.
"Compromisso [da Companhia Théâtre du Soleil] de tratar as grandes questões políticas e humanas sob um ângulo universal mistura-se à pesquisa de grandes formas de discurso, na confluência das artes do Oriente e do Ocidente".
Publicado por 9bassoli@gmail.com
Prof. Marcos Bassolli

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Paixão de Ler, Crônicas do Rio no CREJA

 

P1080599

P1080600

P1080605

P1080607

P1080619

P1080623

P1080624

P1080632

Promovido pela Sala de Leitura (Profa. Solange) evento Paixão de Ler, Crônicas do Rio movimentou o CREJA nesta terça-feira, 08 de novembro.

Pubicado por 9bassoli@gmail.com – Prof. Marcos Bassolli